Propostas da CT

  • Um processo de recuperação com mudanças progressivas;
  • Um ambiente de micro-sociedade, em um contexto de abstinência de drogas, com estratégias que visam à prevenção de recaídas. O desenvolvimento da identidade pessoal com a consciência de que o sujeito é protagonista de sua história, tendo a visão de que pode transformar-se e transformar a sociedade em que vive;
  • A elaboração de um projeto de vida fundamentado na autonomia, no exercício da cidadania e na reinserção social, onde finalmente, o sujeito com uma consciência crítica, define metas para sua vida, que o tornarão um agente de sua recuperação. Um sujeito ativo, participante da sociedade;
  • A transição da comunidade terapêutica para a sociedade maior, com consciência ampliada sobre a vida em sociedade;
  • Um trabalho de conscientização com os familiares, a partir de reuniões semanais, informando e orientando sobre a importância da participação familiar no processo de mudança, e a necessidade de um despertar para um novo modo de relação entre os familiares.