CRAVI: CONHEÇA ALGUMAS HISTÓRIAS DE SUPERAÇÃO!

Marcos Cabral tem 46 anos, esteve 10 anos na CRAVI. Após o tratamento, tornou-se o braço direito do então coordenador da comunidade, pastor Flávio Lemos.
Nasceu no Maranhão e passou parte de sua vida em Goiás e Curitiba. Depois que sua mãe faleceu, se afundou no alcoolismo e passou por tempos muito difíceis, chegando a morar nas ruas de vários estados, inclusive no Paraná. Foi um dos primeiros acolhidos da ONG, quando a sede ainda ficava no bairro Campina do Siqueira. Quando chegou na CRAVI, estava acometido pela hanseníase e, com a ajuda de toda equipe para o tratamento, alcançou a cura.
Foi na ONG que conheceu sua esposa, que naquele período atuava como voluntária na Instituição. Rosana Cabral (49) era advogada e passou em um concurso público como servidora da Justiça Federal, na cidade de Xinguara, no Pará. Foram embora para lá. Nesta cidade, Marcos também estabilizou-se: hoje é o atual Secretário da Cultura. Há 15 anos estão casados e é o pai de duas meninas: Milena, de 12 anos, e Letícia, de 9 anos.